Identificação dos Diagnósticos de Enfermagem ao Paciente Potencial Doador de Órgãos

Autores

  • Mariana Bianchi
  • Lilian Garcia Accinelli
  • Marisa Antonio Silva
  • Alexandro Marcos Menegócio

DOI:

https://doi.org/10.17921/1415-5141.2015v19n2p%25p

Resumo

O paciente potencial doador de órgãos em morte encefálica é um paciente grave de alta complexidade. O objetivo deste estudo é identificar no enfermeiro suas competências em relação ao paciente potencial doador de órgãos em morte encefálica estabelecendo perspectivas em relação à sistematização, à família e à equipe de enfermagem. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório e quantitativo, realizado através de revisão literária que teve como base dados eletrônicos como a Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde (Lilacs) e a Scientific Electronic Library Online (Scielo) durante o período de 2000 a 2013. Os resultados do estudo estão organizados nos seguintes tópicos: o significado da morte, a família do doador, o protocolo de morte encefálica, a atuação do enfermeiro e a sistematização da assistência de enfermagem. Considera-se essencial que o enfermeiro tenha conhecimento técnico-científico, habilidades e pensamento crítico para atuar nesse cenário interdisciplinar e direcionar sua equipe de enfermagem.

Downloads

Publicado

2016-03-01

Como Citar

BIANCHI, Mariana; ACCINELLI, Lilian Garcia; SILVA, Marisa Antonio; MENEGÓCIO, Alexandro Marcos. Identificação dos Diagnósticos de Enfermagem ao Paciente Potencial Doador de Órgãos. UNICIÊNCIAS, [S. l.], v. 19, n. 2, 2016. DOI: 10.17921/1415-5141.2015v19n2p%p. Disponível em: https://uniciencias.pgsscogna.com.br/uniciencias/article/view/3597. Acesso em: 12 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos